segunda-feira, 20 de julho de 2009

Fla 2 x 2 Botinha

Pela duzentésima sexagésima terceira vez(ou qualquer número desses), empatamos em 2x2 com o Botafogo. Joguinho feito, de qualidade técnica e tática dignas de clássicos de "infanto", mas bem emocionante. Emoção e bom futebol nem sempre rimam(lembrando que raiva é uma emoção).

A zaga do Flamengo estava como de costume, aturdida, desprotegida e com "complexo de atacante"... vira e mexe temos um zagueiro avançando pelas laterais. E os alas? Estavam na meia. Os meias não estavam jogando e os volantes estavam tentando ser meias. O ataque, em contrapartida jogou bem, mas cada um na sua, sem tabelas e cooperação. Adriano muito bem. Emerson e Bruno bem. Maxi tem de receber a extrema unção. E o resto jogou num misto de inoperância e loucura.

Botinha fez um gol em impedimento. Porém teve um gol anulado que foi... digamos... duvidoso. Empatamos com Adriano numa cabeça fantástica! Eles fizeram o segundo numa jogadinha safada(quando de um escanteio um botachoro teve de se abaixar para concluir a gol). E empatamos novamente no finzinho com um golaço de Emerson("A lá Tardeli"). Para variar o Foguinho iniciou um chororô( costume feio esse) questionando uma falta na jogada do nosso atacante. Depois do apito final, a imprensa pergunta a Emerson sobre a falta alegada pela "cachorrada de uma estrela só", ao que ele responde lacônico:

- Eu sou jogador, não sou juiz!

kkkkkkkkkkk Pena que perdemos mais 2 pontos em casa e principalmente, o Cuca fica...
Vai-te embora Cuca!

Um comentário:

Borboletas nos Olhos disse...

Raiva é uma emoção, tristeza é uma emoção, por aí vai e nós vamos ficando pra trás enquanto o Cuca fica