sexta-feira, 19 de junho de 2009

Antero de Quental

A História (trecho)

...
"Porque os evos, rolando, nos lançaram
Sobre a praia dos tempos, esquecidos
E, náufragos d'uma hora, nos deixaram,
Postos ao ar, sem teto e sem vestidos.
Estamos. Mas que ventos nos deitaram,
E com que fim, aqui, meio partidos,
Se um Acaso, se lei nos céus escrita...
Eis que a mente humana em vão agita!"
...

Antero de Quental

4 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

achei lindo e, provavelmente, se tivesse entendido acharia ainda mais...

Contra a Maré disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
É para explicar?
Se for tá ruim porque ele já morreu...

Adryana disse...

é... agita...
Acho que o amor ainda está impressionado com a peça...

Adryana disse...

Seu mapa tá muito chique!!!!