sábado, 22 de agosto de 2009

Politicurtas...

Esses dias estão animados.

- Depois do Lula salvar o Sarney dos seus 11 possíveis processos éticos muita coisa rolou, para além do arquivamento. A Senadora Marina Silva (AC/foto) deixa o PT depois de 30 anos, na mesma semana em que abandona o barco o Senador Flávio Arns (PR) por causa do apoio ao Czar Maranhense. Fala-se de Marina cadidata pelo Partido Verde – PV. Será?

- Ainda pelo “Defeito Sarney”, o Senador Aloízio Mercadante (SP/foto) se queixa, anuncia, abandona e volta a trás e ainda ameaça sair da Liderança da bancada do Governo no Senado.

- E na tentativa de apaziguar os ânimos Lulinha, com seus 84% de aprovação, libera 6 bilhões(R$6.000.000.000,00) para as emendas parlamentares de Deputados e Senadores que devem ficar felizes e “calados” por um tempinho.

Acho engraçado tudo isso. Ano que vem tem eleição dura. As pesquisas mostram que Serra(foto) larga da “polyposition”, e logo em seguida vem Dilma, Aécio e Ciro embolados. A coisa não será tão fácil e o PT precisa de alianças eleitoreiras cada vez mais. O PT não largará o osso... isso nunca. Também, o grupo dominante do partido, esfacelado pelas seguidas confusões que protagonizaram (Pallocci, Dirceu etc), também não admite deixar de ser majoritário no governo. Assim todos são amigos do Sarney sob a desculpa da governabilidade. Essa condição gera uma leva de retirantes políticos(Marina, Flávio etc...) que saem sob alegações éticas. Contudo, rsrsrs, esse pessoal sai agora, no apagar das luzes, praticamente no fim do segundo mandato do PT, depois de ter “sugado a teta até minar sangue”. Ética tem mesmo o pessoal do PSOL, que abortaram a “Missão Governo” no início. Heloísa Helena(foto), Babá e Luciana Genro é que merecem todo respeito, mesmo de quem discorda deles.

2 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Desculpa aí, mas eu não respeito não. Respeito quem tenta, se esforça, participa. Respeito quem fica e muda o que tá errado. Até parece que você nunca foi gestão. Atirar pedra é fácil. Eu quero ver é dar a cara a tapa, errar e acertar, pelejar, mudar o Brasil de uma forma que ningu´m pensou que fosse possível, melhorar tudo em todas as áres inclusive a transparência pra gente ver os escândalos, as corrupções e tal. Ou você acha que tudinhozinho começou agora? Eu não voto PSOL nem que me paguem, ah, eles são bonzinhos e não pagam né?

PS - Eu nao voto em ninguém por dinheiro, só esclarecendo...

Contra a Maré disse...

kkkkkkkkkkkk Luciana, existe algo que o Lula faça que seja errado? Os fins justificam os meios?

Tu tem 100% de razão, eu, fui e vivi sendo gestão e , apesar de ter pouca opção, submeti meu trabalho a muita coisa, mas muitas outras coisas não.

É uma decisão sutil definir o limite entre a flexibilidade e a degeneração de princípios. Na minha linha de fronteira o PT passou do ponto a muito tempo.

Hoje, as ações dos dois grupos (esquerda e direita) estão cada vez mais parecidas.