quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Entre a "Humanismo" e a Ecologia

Em todo semáforo somos abordados por pedintes(agora menos, é bem verdade), limpadores de vidros(que mais atrapalham que ajudam) e por um enxame de "Agentes de Publicidade"(que são as pessoas que ficam distribuindo propagandas de TUDO QUE HÁ).

Desde que descobri que aqueles jovens só recebem quando terminam de entregar todos os panfletos tornei-me um recebedor(e acumulador compulsório) de propagandas em sinal. Movido pela idéia de reforçar uma fonte de renda honesta. Isso significa ficar com o carro cheio de papel, porque jogar na rua eu também procuro não fazer.

Ia tudo bem até a Ecologia ocupar meus pensamentos... a quantidade de papel inútil começou a tornar-se uma ofensa... pensei no reforço que eu dou, mesmo que involuntariamente para o desmatamento e na nossa extrema necessidade de preservação. Aí... "torô o cano"!!!

Agora eu não sei se ajudo as pessoas ou o planeta! Ajudando o planeta eu ajudo as pessoas, mas sem trabalho pode ser que até lá não tenha pessoas e fico sem saber se recebo ou nego...

Dilemas!!! Porque tê-los?

6 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Mas se não os temos, como sabê-los?

Bom, apesar de amar as plantinhas e tal, além de me preocupar egoísticamente com o fato: onde meu filho vai viver? Apesar dessas coisas eu ainda prefiro as pessoas de hj, carne e osso e desejos e sonhos e cansaço e fome e tudo mais que nos faz gente. Recebia poucos papéis, principalmente por não ter interesse nos produtos expostos mas com essa informação nova receberei todos, que venham carradas de papel, depois cuidamos da reciclagem...

Aline disse...

Rsrsrs. Também vivencio a maré desse dilema. Ainda mais por causa do lixo. Já ouvi dizer que aqueles panfletos de papel plastificado fazem muuuito mal ao nosso planetinha. E são os preferidos pelas construtoras. Os pequenos e de papel puro não fazem tanto mal. Mas me dói ver os meninos torrando a cuca no sol e não receber um panfleto. Meu carro tb é cheinho deles.

Ana disse...

Compadre, voce tirou "daqui". Vivo dilemas como esse todos os dias. Alias, dou uma cocada moreninha a quem me explicar o que causa menos dano ao meio-ambiente: o saco plastico que leva centenas de anos pra desmanchar ou o saco de papael que custa arvores e mais arvores...
Beijo!

Dani disse...

e qual a graça de não tê-los? Eu estou no time dos que recebem, apesar de também achar ruim a poluição mas a fome é de hoje não espera pra amanhã...

Daíza disse...

Ainda bem que aqui onde moro é proibida a panfletagem nas ruas mas infelizmente ainda fazem aquela porta-a-porta e a caixinha dos correios fica sempre cheia. Tem gente que coloca um aviso pedindo para não colocarem mas eu também fico com pena dos entregadores, geralmente imigrantes que ainda não falam a língua e precisam daquele trabalho para sobreviver. Bom, eu reciclo tudo.

Contra a Maré disse...

Taí... Reciclar... vou saber como organizá-lo... aliás... minha casa não faz coleta seletiva... esse é um dilema antigo, mas de difícil resolução... Puxa vida...