sábado, 15 de agosto de 2009

"Opcionário Arthuriano"

Quando o pequeno tinha... uns 3 anos acho, ele chegou para mim e disse:
- Pai, vamu brincá?
- Vamos.
- Tu qué sê o Batman ou o Corimba? (Corimba mesmo, ele demorou a aprender Coringa)
- Batman.
- Não Pai, o Batman sou eu, tu qué sê o Batman ou o Corimba?
- Batman. (aos risos)
- Pai!!! Num te disse que o Batman sou eu. Tu qué sê o Batman ou o Corimba?
- Coringa! (às gargalhadas)
- Bom... (com enorme naturalidade)

Da mesma forma, a vida vive a apresentar Opções Arthurianas. As escolhas que nos cabem apenas, aceitar. Com o pequeno é engraçado, mas com adulto no trabalho, enche meu saco!

6 comentários:

Dani disse...

Minha vida está recheada de "Opções Arthurianas" ultimamente. Adorei!

Contra a Maré disse...

Dani, tu qué sê o Batman ou o Corimba?

Ana disse...

Seriam as Opcoes Arthurianas a versao moderna do velho "entre a cruz e a caldeirinha"?

Borboletas nos Olhos disse...

Eu quero ser o Batman, mas tantas vezes acabo Corimba...

Dani disse...

Estou com a borboleta... escolho o Batman e a opção acaba sendo Corimba... kkkkk

Contra a Maré disse...

Como pai... eu sempre sou o Corimba, mesmo no dia que sou Batman...